6 de fev de 2008

Guardado no coração

"Fecha-me os olhos e poderei ver-te.
Tapa-me os ouvidos e poderei ouvir-te.
Mesmo sem pés poderei alcançar-te.
Mesmo sem boca poderei chamar-te.
Corta-me os braços, adorar-te-ei
com o coração e com as mãos.
Trespassa-me o coração,
latejará o meu cérebro.
E se incendiares o meu cérebro,
mesmo assim levar-te-ei no meu sangue."

Nenhum comentário: